motivação

Por que a MUDANÇA é tão difícil?

Estou um pouco (MUITO) sumida daqui, mas tenho certeza de que é por um bom motivo. Tenho me dedicado 100% a um projeto que, definitivamente, trouxe as maiores mudanças pelas quais já passei até hoje!

E isso foi o que também mais me fez refletir sobre as mudanças da vida e o porquê de serem, no geral, tão complicadas…

Seja num término de relacionamento ou demissão de um emprego. Seja numa mudança de cidade ou até nas transformações internas (de pensamento e de vontade) pelas quais passamos. Todas trazem algo em comum, o medo!

Medo do novo, do desconhecido. Medo de não saber lidar com aquela situação… Afinal, mesmo que estivesse meio ruim antes, você já estava acostumado, você já tinha aprendido a viver daquela maneira. E como vai ser agora? Eu não sei o que me espera! Tenho medo de ficar só e nunca mais encontrar ninguém… Medo de ficar desempregado pro resto da vida e me tornar um fracassado… E como vai ser viver longe da minha família e amigos? Tenho medo de não me adaptar… Caramba, tenho tanta vontade de fazer aquilo, mas o que será que vão pensar de mim? Tenho medo de não ser aceito…

E por aí vai… Uma série de medos que angustiam, tiram a paz e acabam, por vezes, nos travando e privando das melhores descobertas da vida.

Pois eu vou te falar aqui o que eu tenho aprendido nesse meu processo de grande mudança, através de leituras, pessoas e das minhas próprias experiências…

De maneira bem simples, você consegue assistir a dois filmes ao mesmo tempo? Poisé.. é bem por aí mesmo. A página tem que virar, pra você descobrir o que vem depois. Uma coisa precisa sair, para abrir espaço pra outra.

Isso não quer dizer que seja uma coisa melhor, mas, com toda certeza, é uma coisa necessária naquele momento!

E outra… Vi, naquele livro “A Sutil Arte de Ligar o Foda-se”, uma explicação super interessante sobre o assunto, que o autor denomina ”A Lei da Evasão de Manson”. A premissa diz que tudo o que ameaça nossa identidade, tudo o que coloca em risco a percepção que temos de nós mesmos, tentamos evitar ao máximo.

É bastante difícil, muitas vezes, nos aceitarmos como não estamos acostumados a nos ver.. como os outros não estão acostumados a nos ver.

Eu passei tanto tempo estudando para concursos, que, por um grande período, depois que mudei de área, carregava uma sensação de culpa, por não estar fazendo mais aquilo. Era como se eu tivesse uma obrigação ainda de ser aquela pessoa, apesar de eu saber que aquilo não era mais pra mim. É meio paradoxal, mas era assim mesmo que eu me sentia.

Eu já estava totalmente adaptada a ser uma estudante e a ter a mesma rotina, mesmo que não fizesse muito mais sentido. Até que passou a fazer sentido nenhum, e eu finalmente tive coragem de me aceitar como outra coisa. Nem melhor, nem pior, só diferente.

No momento que sua referência muda, a sua forma de enxergar as situações muda completamente também.

É tipo assim ó: O que é melhor? Viver num relacionamento super estável e mais ou menos apaixonado, ou viver num relacionamento bastante instável, mas amando de todo o seu coração?

Honestamente, quem me conhece sabe facilmente o que eu escolheria. No entanto, numa visão imparcial da coisa, eu super compreendo a opção tanto por uma, quanto por outra. As duas têm seus prós e contras, vai de pessoa pra pessoa lidar com as consequências de cada.

O problema é que nós temos a mania de queremos perfeição quando arriscamos mudar. A perfeição que nem de longe existia na nossa antiga situação.

Você tem que dar o passo à frente não esperando que tudo vai ficar maravilhoso. Você tem que dar o passo à frente, porque aonde você tá não é legal pra você… E se por acaso o lugar para onde você for não lhe satisfizer novamente, cara, é bem simples: mova-se de novo!

A vida é um caminho de encontros e paradas temporárias. Tudo passa! O bom, o ruim… tudo passa! Tenha isso em mente e vai tentando se encontrar, que eu te garanto, ah, isso eu te garanto mesmo: você vai se surpreender com o que você pode fazer nessa vida ainda!

Beijo grande! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s